plano de saude

Unimed deve Indenizar Paciente Que Teve Procedimento Cirúrgico Negado

A Unimed Maceió deve pagar indenização de R$ 7 mil por negar procedimento cirúrgico a uma paciente diagnosticada com Estenose de Junção Ureteropiélica Bilateral e Cólica Lombar. A decisão, do juiz da 7ª Vara Cível da Capital, Luciano Andrade de Souza, também prevê que o plano autorize a cirurgia e o fornecimento dos materiais solicitados para a operação.

De acordo com os autos, a paciente, que possui plano empresarial com abrangência nacional e cobertura hospitalar para apartamento, foi surpreendida pela negativa da cirurgia, mesmo estando em dia com o pagamento da Unimed, sob alegação de que o procedimento não constava no rol da Agência Nacional de Saúde (ANS).

A sentença esclarece que não cabe ao plano de saúde restringir as opções terapêuticas prescritas pelo médico que acompanha a paciente, limitando as alternativas possíveis para o restabelecimento da saúde da beneficiária, sob pena de colocar em risco a sua vida.

?Além disso, não se pode exigir das pessoas que contratam um plano de saúde a exata compreensão do respectivo contrato, com suas minúcias, regras gerais e exceções. Se existe cobertura para uma determinada doença, qual o sentido e a justeza de se excluir tratamento que objetive a respectiva cura??, destacou o magistrado na decisão, publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta segunda-feira (15).

Matéria referente ao processo nº 0700076- 94.2013.8.02.0066

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas
Disponível em: http://www.editoramagister.com/noticia_27092470_UNIMED_DEVE_INDENIZAR_PACIE
NTE_QUE_TEVE_PROCEDIMENTO_CIRURGICO_NEGADO.aspx