Funcionária chamada de “bunda mole” e “gorda” via Whatsapp será indenizada.

Uma vendedora receberá indenização por dano moral por comprovar ter sofrido assédio moral de seu gerente no WhatsApp. Em mensagens compartilhadas diariamente com a equipe, o supervisor chamava a subordinada, entre outros, de “gorda” e “bunda mole” e fazia piadas com o seu corpo. Em 1ª instância, a empresa foi condenada a pagar R$ 3 … Ler mais